Início da migalha de pão Fim da migalha de pão Início do Conteúdo

Apple patrocinará a abertura de um playground focado em acessibilidade na cidade de Sunnyvale

Por Diversidade na Rua, em 12 de março de 2018

A Apple já deu diversas provas de que é uma empresa diferenciada quando o assunto é acessibilidade. Se alguém faz o dever de casa nesse quesito, é a Apple com seus produtos que podem ser utilizados por basicamente qualquer um, independentemente de alguma inabilidade. Nesta semana, ela deu mais uma prova disso.

A Magical Bridge Foundation anunciou hoje que a Apple ajudará a financiar o Magical Bridge Playground que será instalado no Fair Oaks Park, em Sunnyvale. Cupertino, a cidade-sede da Apple, fica bem próxima de lá; tão próxima que, por isso, a Apple se tornou uma das maiores empregadores da área.

Com o apoio da Apple (segundo o 9to5Mac, um investimento de US$250 mil), a Magical Bridge criará a chamada “Zona de Inovação”. Nas palavras da fundação, trata-se de um espaço dinâmico no playground de Sunnyvale para que pessoas de todas as idades e habilidades se conheçam, aprendam, explorem, criem e construam relacionamentos novos e diversos”.

O local em Sunnyvale é o terceiro parque da fundação e deverá ser aberto para o público em 2020. Serão 152 mil metros quadrados que estarão disponíveis para os 150 mil habitantes da cidade — e para turistas, é claro. O primeiro Magical Bridge Playground, criado em 2015 na cidade de Palo Alto, atende cerca de 20 mil visitantes por mês.

Os Magical Bridge Playgrounds são totalmente concebidos para acomodar crianças e adultos com uma ampla gama de habilidades físicas e cognitivas. Segundo a fundação, um em cada cinco americanos vive com alguma forma de deficiência e, embora as mudanças culturais radicais tenham sido feitas pelo American Disabilities Act de 1990, os parques públicos ainda não acomodam adequadamente visitantes autistas, cognitivamente desafiados, com deficiência visual ou auditiva, fisicamente limitados ou até mesmo pessoas mais velhas.

Belíssima iniciativa da Magical Bridge Foundation — e da Apple, é claro.

Fonte: MacMagazine (link para o site).

Galeria de imagens

Deixe seu comentário

Fim do Conteúdo
Início do rodapé Fim do rodapé