Início da migalha de pão Fim da migalha de pão Início do Conteúdo

Porto Alegre terá semana dedicada à conscientização sobre a Síndrome de Down

Por Diversidade na Rua, em 06 de dezembro de 2017

Porto Alegre contará, a partir de 2018, com uma semana dedicada à conscientização sobre a Síndrome de Down. Desta forma, o tema entrará para o calendário de datas comemorativas da cidade e deve ser celebrado entre os dias 21 e 28 de março. O documento foi assinado, pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior, nesta segunda-feira, durante a programação do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE), por meio da Diretoria de Acessibilidade e Inclusão Social.

O projeto de lei, de autoria do vereador Paulo Brum (PTB), foi aprovado pela Câmara Municipal em setembro deste ano. "Estamos fazendo este evento em reconhecimento à causa e principalmente para mandar uma mensagem daquilo que é prioridade para nós e que deve ser prioridade para a máquina pública", afirmou Marchezan. Segundo ele, o papel do vereador Paulo Brum (PTB), que defendeu que o projeto fosse colocado em prática, foi de extrema importância.

Estiveram presentes no ato de sanção da lei o vice-prefeito, Gustavo Paim, representando a Assembleia Legislativa do RS, o deputado Maurício Dziedricki (PTB), a secretária-interina do Desenvolvimento Social e Esporte, Denise Russo, o autor do projeto de lei e representante da Câmara Municipal, vereador Paulo Brum (PTB), o presidente da Associação dos Familiares e Amigos da Síndrome de Down, Vicente Fiorentini, entre outros.

Uma série de atividades estão sendo desenvolvidas nesta segunda-feira, na Praça Montevidéu, em frente ao Paço Municipal, para marcar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, celebrado mundialmente em 3 de dezembro. A programação, que segue até as 16h, conta com palestras sobre inclusão desse público no mercado de trabalho, além de oferta de vagas pelo Sine, blitz de conscientização, apresentações musicais e demais iniciativas.

O evento, aberto ao público, contou com a parceria de diversas entidades com atuação na área, como a Apae e a AACD, por exemplo. O objetivo das atividades foi levar à população a conscientização sobre os direitos das pessoas com deficiência, além da divulgação do trabalho desenvolvido pelas entidades. A Apae, por exemplo, levou à Praça Montevidéu diversos quadros feitos pelos mais de 400 alunos da instituição, assim como cupcakes, biscoitos e mini panetones, que foram comercializados no local.

De acordo com a secretária-interina de Desenvolvimento Social e Esporte, Denise Russo, um dos principais enfoques da pasta é a questão da inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. "Acreditamos que as pessoas precisam ter a sua autonomia e serem respeitadas pelo que elas podem e devem produzir", explicou. Segundo ela, o Sine municipal ofertou mais de 200 vagas de emprego para pessoas com deficiência.

"Precisamos mostrar para as pessoas com deficiência que elas têm condições, sim, de conquistar sua autonomia", ressaltou. O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em outubro de 1992, em comemoração ao término da década 1983-1992. A cada ano, no dia 3 de dezembro, é estimulada a reflexão sobre os direitos da pessoa com deficiência, tanto na instância nacional como na municipal.

Fonte: Correio do Povo (link para o site).

Galeria de imagens

Leia também estes conteúdos relacionados:

Deixe seu comentário

Fim do Conteúdo
Início do rodapé Fim do rodapé